Inea instalará ecobarreira no Canal de Sernambetiba

O sistema tem as funções de conter e recolher o lixo e de evitar a proliferação das gigogas e de vetores ao longo do canal.

 

http://www.inea.rj.gov.br/noticias/noticia_dinamica1.asp?id_noticia=194

 

INEA INSTALARÁ ECOBARREIRA NO CANAL DE SERNAMBETIBA
07/ 05/ 2009

 

Fotografia de Luiza Reis

Fotografia de Luiza Reis

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), da Secretaria do Ambiente, instalará uma nova ecobarreira no Canal de Sernambetiba, no início de junho. A iniciativa foi custeada com recursos de uma compensação ambiental da Light pelo uso da faixa marginal de três rios da bacia hidrográfica da região Metropolitana, e revertida para a construção do equipamento e para a compra de uma embarcação.

 

O sistema tem as funções de conter e recolher o lixo e de evitar a proliferação das gigogas e de vetores ao longo do canal. A retirada da planta aquática, que só incide em águas doces e poluídas é necessária. Embora retire materiais poluentes, inclusive metais pesados, a espécie se reproduz rapidamente e em grande quantidade. Com o tempo, a planta apodrece causando assoreamento no leito dos cursos d’água e acaba sendo deposta nas praias, não cumprindo a função de despoluir.

As operações tanto da ecobarreira, quanto do barco serão financiadas pela Associação dos Supermercados do Rio de Janeiro (Asserj) e executadas pela Federação das Cooperativas de Catadores de Material Reciclável do Estado do Rio de Janeiro (Febracom), com supervisão do Inea, que já inspeciona as operações de outras oito ecobarreiras, três no complexo lagunar de Jacarepaguá e cinco na Baía da Guanabara; e dois ecopontos, um em Volta Redonda e outro em Macaé. A estimativa é de que a nova ecobarreira seja inaugurada na Semana do Meio Ambiente.

Fotografia de Luiza Reis

Fotografia de Luiza Reis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotografia de Luiza Reis

Fotografia de Luiza Reis



Leave a Reply