Lixo estrangeiro ameaça tartarugas na Paraíba

Todas as manhãs, o grupo que cuida dos animais percorre a praia para recolher o lixo. Durante o trabalho, um detalhe chamou a atenção. A maior parte do lixo não é produzida na praia, pelos banhistas. Chega pelo mar, de outros estados do Brasil, e até mesmo de outros países.

 

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1453468-5598,00-LIXO+ESTRANGEIRO+AMEACA+TARTARUGAS+NA+PARAIBA.html

19/01/10 - 09h01 - Atualizado em 19/01/10 - 10h24

Lixo estrangeiro ameaça tartarugas na Paraíba

Mais de cem delas morrem após ingerir lixo jogado no mar, por ano.
Biólogos e estudantes percorrem a praia para recolher material.

 

Do G1, com informações do Bom Dia Brasil

 

O lixo estrangeiro ameaça tartarugas na Paraíba. Voluntários recolhem condicionador de cabelos do Congo, água mineral chinesa e outros objetos na areia das praias.

Veja o site do Bom Dia Brasil

Nadando lentamente litoral afora, as tartarugas chegam a viver até cem anos. Mas a longevidade está sendo ameaçada pela ação humana. A cada ano, no litoral da Paraíba, mais de cem tartarugas de várias espécies morrem após ingerir lixo jogado no mar.

 

 

“Há uma grande quantidade de plástico nos próprios bancos de algas, onde elas se alimentam. As tartarugas não têm condição de separar uma coisa da outra”, disse o biólogo Douglas Zeppelini.

As que sobrevivem recebem tratamento em um projeto que reúne biólogos e estudantes voluntários. Muitas chegam tão debilitadas que não conseguem se alimentar e morrem. Um monte de plástico foi retirado de uma tartaruga morta.

Todas as manhãs, o grupo que cuida dos animais percorre a praia para recolher o lixo. Durante o trabalho, um detalhe chamou a atenção. A maior parte do lixo não é produzida na praia, pelos banhistas. Chega pelo mar, de outros estados do Brasil, e até mesmo de outros países. Há, por exemplo, uma embalagem de sal, produzida na Rússia.

Tem mais lixo estrangeiro nas águas da Paraíba: condicionador de cabelos do Congo, água mineral chinesa, produto de limpeza americano, vidro, bota usada em plataformas. Até lâmpada de farol.

 

saiba mais

Tartarugas-verdes são devolvidas ao mar em praia do Rio Grande do Sul

Banhistas encontram tartaruga em praia de Vitória

Voluntários acompanham desova de tartarugas em Goiás



Leave a Reply