O Fundo da Folia

Só que ao invés de estarem pulando, dançando e se beijando ao som frenético e ensurdecedor dos trios elétricos, os foliões do fundo do mar estavam rolando de um lado para o outro numa mórbida coreografia, empurrados silenciosamente pelo balanço do mar, sem dança, sem alegria, sem vida e sem poesia.

 

Bernardo Mussi

04 de março de 2010

O Fundo da Folia

 

O Fundo da Folia

 

Dez dias após o carnaval, resolvi mergulhar com dois amigos na área do Farol da Barra para confirmar a notícia de que havia uma quantidade absurda de lixo espalhada pelo fundo do mar naquela área.

 

O Fundo da Folia

 

Mesmo com a água um pouco suja por causa das chuvas do dia anterior, logo identificamos o local. Na verdade o lixo não estava espalhado, mas concentrado em um canal provavelmente em razão do movimento das marés. Uma cena lamentável! Eram pelo menos mil e quinhentas latinhas metálicas e garrafas plásticas.

 

O Fundo da Folia

 

Da superfície o visual parecia com as imagens áreas que vemos dos blocos de carnaval durante a festa momesca. Só que ao invés de estarem pulando, dançando e se beijando ao som frenético e ensurdecedor dos trios elétricos, os foliões do fundo do mar estavam rolando de um lado para o outro numa mórbida coreografia, empurrados silenciosamente pelo balanço do mar, sem dança, sem alegria, sem vida e sem poesia.

 

O Fundo da Folia

 

Assustados, decidimos não retirar o material naquele dia na esperança de tentar sensibilizar algum veículo de comunicação para fazer uma matéria com imagens subaquáticas. A intenção era compartilhar aquela agressão carnavalesca com nossa população e os donos da folia.

 

O Fundo da Folia

 

Fizemos contato com pelo menos três emissoras e todas pediram que enviássemos e-mails com fotos, o que fizemos imediatamente. Aguardamos respostas por dois dias e como não tivemos qualquer retorno, optamos por retirar o lixão de lá para evitar maiores danos.

 

O Fundo da Folia

 

O Fundo da Folia

 

A bem da verdade estávamos super desconfortáveis com nossas consciências por termos testemunhado aquela cena e deixado para resolver o problema dias após. Mas tínhamos que tentar a matéria para que a ação não se resumisse somente à coleta do material.

 

O Fundo da Folia

 

O Fundo da Folia

 

Tínhamos em mente que a repercussão sensibilizaria os empresários e artistas do carnaval, os órgão públicos, a imprensa, as empresas financiadoras e nossa gente. A tentativa foi boa, mas não rolou…

 

O Fundo da Folia

 

Fomos então, no terceiro dia após o primeiro mergulho, retirar o material. Antes, porém, fiz questão de chamar um amigo que tem uma caixa estanque para filmarmos a ação e guardarmos o documentário visando trabalhos futuros e até mesmo a matéria que queríamos na TV.

 

O Fundo da Folia

 

Sem cilindro de ar e contando apenas com duas pranchas de SUP (Stand Up Paddle) e alguns sacos grandes, éramos quatro mergulhadores ousados retirando do fundo do mar tudo o que podíamos naquela tarde.

 

O Fundo da Folia

 

O Fundo da Folia

 

O Fundo da Folia

 

O Fundo da Folia

 

Pouco antes de o sol se pôr conseguimos finalmente colocar todo o lixo na calçada.

Muitos curiosos, inclusive turistas, olhavam intrigados a nossa atitude e a todo o instante nos questionavam sobre a origem daquele resíduo. A resposta estava na ponta da língua: Carnaval!

 

O Fundo da Folia

 

Vou logo informando aos amigos leitores que não sou contra o carnaval, muito pelo contrário, sou fã por diversos motivos, mas acho que a realidade da festa não guarda a menor relação com as belíssimas cenas, as informações rasgadas de elogios e a excessiva euforia amplamente divulgada pela mídia.

Sei que o comprometimento com os patrocinadores e aquela velha guerrinha de vaidades contra os carnavais de outros estados como Pernambuco e Rio de Janeiro, acabam conspirando para isso. Mas vejo aí um modelo cansado, super dimensionado, sem inovações socialmente positivas e remando na direção oposta ao desenvolvimento sustentável da nossa cidade.

Aquele lixo submarino é um pequeno sinal deste retrocesso. Pior, patrocinado solidariamente pelos grandes empresários, artistas e principalmente pelo poder público que tem o dever de melhorar nossa segurança, nossa saúde e educação.

 

O Fundo da Folia

 

O Fundo da Folia

 

O Fundo da Folia

 

Aproveito o embalo para incluir indignação semelhante sobre os eventos realizados na praia do Porto da Barra durante o verão.

O “Música no Porto” e o “Espicha Verão” não tem trazido nada de bom para nossa cidade, além da oportunidade de vermos ótimos artistas de perto e de graça. De resto, o lixo, o mau cheiro, a degradação ambiental, o xixi pelas ruas, a impressionante quantidade de ambulantes amontoados por todos os espaços públicos e a agressão aos patrimônios históricos, são um grande “pé na bunda” do turista de qualidade.

  

Espicha Verão 2010. Foto: João Ramos / Bahiatursa

 

Espicha Verão 2010. Foto: Luciano da Matta / Agência A Tarde

 

Espicha Verão 2010. Foto: João Ramos / Bahiatursa

 

Espicha Verão 2010. Foto: João Ramos / Bahiatursa

 

É o mesmo que olhar para uma bela maçã com a casca brilhante e aspecto suculento, porém, apodrecida por dentro…

Naquele final de tarde acabamos contemplando um por do sol diferente. O monte de lixo empilhado na calçada do Farol da Barra virou atração. E como Deus é grande, fomos brindados com a presença de valorosos catadores de rua para finalizar a limpeza.

 

O Fundo da Folia

 

Desta ação, além das ótimas imagens documentadas em vídeo, resta rezar para que os donos do carnaval, dos eventos no Porto da Barra e nossos queridos foliões se toquem que algo tem que mudar.

 

O Fundo da Folia

 

O fundo do mar não merece aquele bloco reluzente e, ao contrário do asfalto, o oceano costuma revidar violentamente as agressões sofridas.

Não tem alegria alguma no fundo da folia!

 

O Fundo da Folia

 

Galeria de fotos

Slideshow

Fotos: Francisco Pedro/Global Garbage
francisco.pedro@globalgarbage.org

Fotos do Espicha Verão 2010: João Ramos / Bahiatursa e Luciano da Matta / Agência A Tarde

Nota:
A matéria O Fundo da Folia foi publicada no dia 05 de março. No dia 15 de março, nós substituímos as fotos do Espicha Verão 2010. As fotos atuais (Bahiatursa e Agência A Tarde) foram feitas no dia 13 de março, encerramento do Espicha Verão 2010. A campanha pela preservação do meio ambiente, coordenada pelo IMA - Instituto de Meio Ambiente do Estado da Bahia, só foi realizada no dia do fechamento (13 de março) do Espicha Verão 2010. 

Link: http://www.globalgarbage.org/blog/index.php/2010/03/05/o-fundo-da-folia/

Link para Twitter: http://bit.ly/o-fundo-da-folia  

 

Outros artigos de Bernardo Mussi

Carnaval longe da praia

O lixão precisa de música



751 Responses to “ O Fundo da Folia ”

  1. [...] - Sea Shepherd – http://www.seashepherd.org/ a qual eu gostaria MUITO de ir no navio com o Capitão Watson, numa investida contra esses japoneses filhos da P%#^ que caçam baleias de forma brutal. - Surfrider Foundation – http://www.surfrider.org/ e sua luta incansável pela preservação das praias, orlas e vida marinha das costas. Quando morei nos EUA, suas ações eram notáveis nas praias, além dos produtos de merchandising serem alucinantes. - Global Garbage – http://www.globalgarbage.org/blog/, projeto que conheci através do meu brother Armando Daltro. Indico que leiam a matéria do Bernardo Mussi, “O fundo da Folia”. Um absurdo, simplesmente ridículo o que a galera faz inconsequentemente numa festa.. Eis uma grande prova de que o homem faz, faz e faz. Aí quando a natureza se volta contra ele, acontecem as tragédias!!!http://www.globalgarbage.org/blog/index.php/2010/03/05/o-fundo-da-folia/ [...]

  2. [...] mais sobre a ação Fundo da Folia e sobre o Projeto Lixo [...]

  3. [...] mais sobre a ação Fundo da Folia e sobre o Projeto Lixo [...]

  4. Parabéns MESMO pela atitude e pela matéria.

    É simplesmente lamentável o papel da “grande mídia”. Vocês oferecem uma pauta prontinha com um assunto pra lá de interessante e relevante e, no entanto…é frustrante ligar a TV ou ler jornais com chamadas do tipo “vencedor de reality show agradece apoio” ou “novo sucesso do grupo tal faz todo mundo requebrar”.

    É sabido que tal falta de educação e consciência ambiental aconteça em todos os lugares, mas em Salvador é flagrante o descaso de boa parte da população para essas questões. Quando alguém tenta chamar a atenção para o sujeito que jogou a latinha de cerveja na rua, recebe como resposta “fique na sua”.

    E é com essa filosofia que a cidade “para” a cada chuva, com vias alagadas e água invadindo as casas.

    Recebi esse material por e-mail e vou repassar, divulgar em redes sociais, blogs, o que for.

    Um abraço!

  5. Heleno Barreiros disse:

    Parabéns aos rapazes por essa brilhante inciativa.
    Depois a população (e governantes também) não sabe o porque de estar acontecendo tantas tragédias pelo mundo.
    A NATUREZA está se vingando.
    Tudo que o homem fez (e faz) contra ela, está sendo devolvido.
    Desmatamento, ocupação irresponsavel do solo e das matas, lixo pelas ruas, rios, mares, poluição do ar, etc..
    A MÃE NATUREZA utiliza uma das poucas armas que tem para se defender.
    Pensemos nisso ou nossos filhos e netos não terão onde viver.

  6. Jorge Luiz Endalecio disse:

    Olá amigos, parabéns pela iniciativa. Estou repassando este informe tão importante a todos os meus amigos; por que isto sim deve ser divulgado. Parabéns…………….

  7. jocajoca disse:

    muito legal de recolher isso, queria poder ajudar, mas não da

  8. Stevan disse:

    Sou Turismologo de Tres Lagoas MS, fiquei admirado pela inicitiva de vcs,estão de Parabéns.
    O email será enviado para deputados e senadores , pois é ano eleitoral , unica data em que eles nos houve. Parabéns a vcs

  9. Mayara Riselle disse:

    PARABÉNS pra vcs pela iniciativa e consciência ambiental!
    É inacreditável como tanta gente ainda não se deu conta da importância de se preservar nosso meio ambiente!! Somos dependentes diretos do meio em que vivemos e se esse meio for destruido… Somos destruidos tbm!! Um dia as pessoas se darão conta do estrago que estão fazendo para elas mesma!! Só espero que esse dia não chegue tarde demais…

  10. Fábio Santos disse:

    Boa tarde !

    A todo povo Soteropolitano

    APÓS VÁRIAS TENTATIVAS DE COSCIENTIZAÇÃO A INSTITUIÇÃO ASGAP E EMPRESA PITOL, FOMOS IGNORADOS

    É com muita indignação que lhe comunico que apesar de vários e-mails, e telefonemas para a Instituição Asgap e a empresa Pitol Sacos de Lixo na tentativa de demove-los da ideia de comercializar sacos de lixo, aqui na cidade de Salvador.
    Informo que infelizmente eles realmente fecharam uma parceria para a comercialização deste produto através da venda efetuada pelo telemarketing a população Soteropolitana.
    Foram várias ligaçãos para ASGAP, onde entramos em contato com seu Presidente o médico Oncologista Dr. Francisco Dantas e seu Vice Presidente Sr. Jorge Britto, na tentativa de mostrar-lhes que haviam outros produtos que podiam ser comercializados para ajuda a pacientes, que não os sacos de lixo não degradáveis. Propomos até que entrassem em contato com a Empresa RES BRASIL para comercialização dos sacos biodegradáveis que agredim menos a natureza por se decomporem em menor tempo, mais infelizmente fomos ignorados. O que me admira é uma instituição que têm como seu principal membro o Dr. Francisco Oncologista não apoiar nossa iniciativa e prescrever um rémedio tão nocivo a toda nossa população os sacos de lixo não degradáveis.
    Peço que nos apoie na Luta de coscientização a população para a diminuição do uso de sacos e sacolas plásticas, nossa ideia é lançar uma Campanha usando a ” LEI CONTRA LIGAÇÕES DE TELEMARKETING ” para que está campanha que a ASGAP e a PITOL irão lançar agora no mês de Maio com contrato válido para 3 anos podendo ser prorrogado não consiga ter prosseguimento. Esta lei consiste onde a população pode fazer um cadastro diante ao PROCON não aceitando ligaçãoes de empresas de telemarketing.
    Sentimos pelos pacientes, pois sabemos que parte da renda 10% seria “revertida” para seu tratamento, apesar de acharmos que 10% é um valor muito baixo a ser repassado já evidenciando que principalmente a empresa PITOL estará usando a campanha de forma apelativa para obter lucro e não está realmente preocupada em ajudar se não a parte a repassar seria maior.
    Conto com a compreensão e ajuda de vocês para que esta mensagem seja repassada ao maior numero de pessoas que possam apoiar nossa iniciativa.

    Um Abraço
    Fábio Santos
    COORDENADOR ONG ECOSALVADOR 2010

  11. Fábio Santos disse:

    Bom dia !

    A todo povo Soteropolitano

    DENUNCIA: PARCERIA CONTRA O MEIO AMBIENTE SALVADOR

    A Instituição ( ASGAP ) está firmando parceria com uma empresa de sacos de lixo de São Paulo.
    Venho aqui demonstrar minha indignação com “Campanhas e Parcerias” intituladas COMPRE SACOS DE LIXO PARA AJUDAR PACIENTES, onde promovem a venda de sacos de lixo não recicláveis e que já comprovadamente demoram centenas de anos para se degradar no meio ambiente, causando danos em vários aspectos ambientais. Está campanha de forma apelativa induz a população a compra de sacos de lixo onde parte da renda seria revertida a pacientes com câncer ou outras patologias no intuito de “ajuda-los”, buscando sensibilizar a população convocando-a abraçar a causa, que é digna e de grande mérito a ajuda a estes pacientes mas; como ajudar a manter vidas, prejudicando outros seres vivos e a nos mesmos?
    Será que a “porcentagem” é justa e realmente repassada aos pacientes? Ou só serve para o enriquecimento de empresários que se julgam dignos por ajudar uma causa nobre?
    E quanto ao meio ambiente será que realmente está sendo levado em consideração? Acreditamos que não. Porque não oferecer outro produto que não cause danos a natureza.
    Penso que é mais salutar oferecer outros produtos que não os sacos de lixo não degrádaveis para angariar fundos, já que a campanha ajuda a pacientes é nobre, mas o produto oferecido não faz jus ao mérito final que é manter pessoas e seres vivos com qualidade de vida.
    Por isso peço ao Srs que caso chegue ao conhecimento de vocês e de sua instituição (ASGAP) tal proposta de parceria não aceitem atrelar seu nome em tal parceria com este tipo de produto agregado, pedimos que substituem este produto “ sacos de lixo” por outro que não causem danos ao meio ambiente, por uma Salvador mais consciente onde o foco é trazer a população Soteropolina a ter responsabidade ambiental através da diminuição do uso de sacos plásticos e similares.
    Como exemplo já temos as campanhas dos sites
    http://www.sacoeumsaco.com.br
    http://www.akatu.net

    Atenciosamente
    Fábio Santos

  12. Carol disse:

    Precisamos de mais pessoas como vcs no mundo. Estao de parabens pela iniciativa. Moro em curitiba e fiquei emocionada com a atitude. Estamos ai na luta por um mundo melhor.

  13. Periney Menezes Souza disse:

    Adorei a iniciativa, mas infelismente fico muito triste. Pois os veículos de comunicação que deveria apoiar tanto nas transmissões da retirada do lixo quanto na tentativa de ajudar a concientizar nossa população, tão carente de educação, principalmente ambiental. Temos que apoiar estas iniciativas e buscar mobilizar os concientes, afim de mostrar a galera que uma embalagem de bala jogada na rua, poderá trazer consequecias drásticas.
    PENSEM NISSO!!!!!!!!!!!

  14. Denise disse:

    Como sabemos que tanto o povo quanto as autoridades ainda estão fingindo que isso só aconteceu uma vez, fico preocupada quando a continuação dessa sujeira, e portanto, gostaria de me juntar a vocês no intuito de continuar a conscientização nas praias.

  15. Davi Lyra disse:

    Gostei muito disso e até me interessei tb! e aew? ainda rola estes mergulhos??? Será que pode entrar em contato comigo pelo meu email???
    dslyra@hotmail.com
    Sou de salvador tb…e queria me juntar a este movimento!
    abraços

  16. DEITADO ETERNAMENTE EM BERÇO… vamos acordar, se o povo nao tem direito ao di-
    vertimento fica estressado. Mas nao justi
    fica a agressao a natureza, isto e coisa
    de pessoas inconscientes.
    Entao, nas proximas eleiçoes vamos exi-
    gir dos futuros politicos: NAO AFANAR OS
    RECURSOS. Vamos utiliza-los em grande es-
    cala para, por exemplo: EDUCAR, DAR MELHO
    RES CONDIÇOES DE VIDA, FAZER A REFORMA A-
    GRARIA e FAZER COM O POVO TENHA MAIS ACES
    SO A CULTURA. sE QUISEREM QUE O PAIS SEJA
    ALGUMA COISA QUE PRESTE NO FUTURO, ENTAO
    SO TEM UMA SAIDA: investir no material hu
    mano. Com leoes, gado, tatus, pacas e ratazanas a bessa isso nao da pe.

    g azul- PE.
    zanas essas medidas nao funcio

  17. Ana Rita Queiros disse:

    Pessoas como vc me fazem acreditar num mundo melhor. Embora, a maré reme contra.
    Estou feliz em ver essa matéria, queria fazer mais contato com vcs. Por favor me escrevam. Sou baiana, mas, moro no Rio de Janeiro e me preocupo em muito com a natureza.
    Parabéns pela iniciativa, pelo preparo e pela consciência.
    abraço grande!
    Ana

  18. valdinea moura disse:

    pelo menos deu para faturar uma grana com a remoção das latinhas …rs
    catador se seu bem!!!!

    • paulina disse:

      com mil desculpas…MAS ESTE TEU COMENTÁRIO…pelo amor de Deus..se está falando sério do tal “lucro dos catadores” tenho pena de VC (se é o caso monte uma fábrica de latinhas e entrega pros catadores).. se está falando de brincadeirinha “TENHO HORRORRRR” estamos falando de uma TRAGÉDIA DO PLANETA..e vc faz gracinhas???EU FICO INDIGNADA..

    • Marcha disse:

      Será que a ação dos rapazes se resome apenas a isso? Dane-se as latinhas… (Pelo menos????) Com certeza voce deve ter pulado muito carnaval esse ano né, pra ser tão ignorante.
      Isso é coisa séria, pelo menos eles conseguiram limpar um pouco o meio ambiente, isso sim, e com muita honra.
      Já a imprensa…sem comentários…

    • Rosângela Corrêa disse:

      É uma pena que tem gente que ache engraçado coisas tão absurdas, que pena que catador de lixo tenha que se dar bem com um monte de lata que as pessoas não tiveram a menor preocupação aonde vai parar o seu lixo, o mais importante é o carnaval! Se tivêssemos vergonha e educação “ambiental”, o catador não precisaria andar pelas ruas das cidades brasileiras para pegar o lixo que as pessoas acham certo jogar no chão; eles poderiam perfeitamente estar trabalhando numa cooperativa, com o lixo chegando em caminhões para a triagem do material.
      Felicito a iniciativa do Bernardo e seus amigos, já somos 5 pessoas que nos preocupamos em cuidar do meio ambiente e se cada um de nós pudermos falar e sensibilizar mais 5 pessoas, seremos 10, tenho esperança que possamos ser mais pessoas conscientes e cidadãs que aqueles que vivem como se o mundo se resumisse em samba, carnaval, futebol, pura alegria, sem responsabilidade com o presente.
      Abraços.

  19. [...] esse lixo foi encontrado nas praias de Salvador após o Carnaval e documentado pelo grupo Global Garbage, que se motivou a catar o lixo e deixar tudo registrado para que as pessoas aprendam um pouco com [...]

  20. Carolina Neri disse:

    Parabens para os rapazes que nao so tiraram “parte” do lixo e as fotos, mas por nao se abaterem com o trabalho arduo e a falta de incentivo “externo” (midia).
    Muitas vezes alguem tem que ter atitude, para que se tenha qqer resultado adiante… Espero que mais materias assim inspirem mais pessoas.

  21. Bárbara Sena disse:

    Bernardo, Francisco, Pessoal!

    Foi movido um multirão da Skol em prol de sua causa! Promoveram a Operação Fundo da Folia, vejam:
    http://skol.com.br/skolweb/newsA.aspx?utm_medium=skol.sk-copypaste&utm_source=flickr.com&utm_content=site-basic&idConteudo=1843

    Obrigada por divulgar! Obrigada pela iniciativa própria e pela preservação!

    Bjos, abraço apertado!

  22. [...] O fundo da folia [...]

  23. Gute Brandao disse:

    Infelizmente estamos lidando com a famosa CULTURA de MASSA, o que eh nada mais nada menos que a alienacao reinante em nosso pais.Essas manifestacoes populares sao extremamente perigosas, destroem a mente das pessoas, lavagem cerebral levada a cabo pela musica tocada ,evidencias estao ai , visiveis e indeleveis!!!!! Como disse o saudoso I. A. . Porcaria na cultura tanto bate ate fura. Podemos visualizar a situacao de um pais pela musica que o povo ouve e danca!!!! E depois vem o pior , que eh desova de poluentes de todos os tipos nas aguas sagradas de nosso planeta!!!!!Fora com essa cultura de Massa, com os BBB’s da vida, e tudo mais que provoca indigestao no cerebro.Pobre povo pobre de espirito!!!!
    A acao de algumas pessoas felizmente nos leva a ter um pouco de esperanca na humanidade, mas olha,tah dificil!!!!!! A Imprensa, midia,etc,parece brincadeira!!!!!Politicos, blahhhhhhhhh!!!MAs a culpa eh do povao mesmo!!!!! O Brasil tah virando um favelao!!!!!!!!!!Ou estao africanizando a coisa ??????????

  24. Nilandio disse:

    Amigos do Planeta,
    a sujeita começa com os veiculos entregadores de mercadorias (inclusive cervejas, refrigerantes e tantos outros) que deixam residuos de plásticos, papelão, garrafas quebradas pelas nossas ruas, praças e estacionamentos, com a conivência de toda a população.
    A propósito, para onde vai o lixo dos navios?
    Nilandio - Mesquita (RJ).

    • paulina disse:

      bom comentário..bela interpelação..isso mesmo… para onde VAI?.. Nossos governos CORRUPTOS fecham os olhos.. CADÊ A COBRANÇA INTERNACIONAL DO LIXO VINDO DA EUROPA EM… grandes..N-A-V-I-O-S vindos da INGLATERRA.. o que foi feito de todo o escãndalo que deu manchete em junho/julho de 2009, saiu das manchetes da mídia…MORREUUUU

  25. [...] problema das latinhas geradas pelo Carnaval, poluindo o mar de Salvador foi publicado em 05 de março e ficou circulando pelas redes sociais, principalmente no Twitter, [...]

  26. JAQUES disse:

    Sinceramente eu acho que a Skol só se tocou porque pegou muito mal aparecer nos noticiários as latinhas com a marca dela e de outras cervejarias poluindo o mar.
    Mas ai tem dois pontos positivos: A retirada do lixo e ler alguma coisa de útil no site da Skol.

  27. Carol disse:

    Parabéns … parabéns mesmo…

    Todo verão quando eu vou pra praia Piçarras - SC… levo todos os dias 2 sacolas de plástico… e cato o lixo na beira da praia e na rua…..

    Falta sacolas…. mas é por essa minha atitude assim como q a de vcs !!! que vamos conseguir acabar com isso….

  28. Christina Iuppen disse:

    Parabéns a você e a toda a equipe. A medida do heroísmo de vocês é a mesma do descaso dos que não deram resposta a suas tentativas de comunicar para educar. De ordinário sou a favor de exigir que as autoridades e os responsáveis cumpram seu papel, mas vocês me ensinaram que ‘tomar uma providência com as próprias mãos’ (e pulmões)pode ser ainda mais eficaz. Quem sabe a grande imprensa resolva agora abrir um espaço em seu sensacionalismo barato e criminoso para aquilo que realmente interessa ao planeta e à humanidade?
    Parabéns, outra vez, e, como ‘terráquea’, obrigada.
    Christina Iuppen (Rio de Janeiro)

  29. CRISBRASIL. disse:

    Parabenizo a equipe dessa reportagem e fico triste ao ver tamanha falta de educação do ser humano com a natureza que é linda ,de graça e perfeita mas não cuidada pelo ser humano que se diz racional.é hora de concientização galera ,educação como um todo é preciso.

  30. Thiago Moreira disse:

    parabéns pelo trabalho ai galera, show de bola.
    Um grande absurdo tudo isso como vários outros problemas que ocorrem por todo o nosso país. Não vamos ficar só assistindo coisas deste tipo como se fosse um filme que já está pronto e não podemos fazer mais nada em relação ao final dele, VAMOS MUDAR ESSE FILME REAL QUE VIVEMOS! NÃO podemos mais viver desta forma, temos um país maravilhoso que tem belezas naturais jamais vistas em qualquer outro lugar do mundo e que pessoas de todo o planeta admira e vem nos visitar, mas quando chegam aqui para ver de perto essa beleza toda acabam se decepcionando com a degradação do meio ambiente e com a incopetência dos orgãos públicos responsáveis e com a população brasileira que infelizmente na sua grande maioria só assiste sem fazer, falar ou documentar nada.

    VAMOS ACORDAR E SAIR DO COMA BRASIL, ABAIXO A DITADURA QUE AINDA EXISTE!

    Uma grande pena isso que acontece em Salvador, estive lá ano passado e é um lugar excepcional!

    MOVIMENTO SALVE MARACAÍPE
    PERNAMBUCO, BRASIL!

  31. Prezada Luanda

    Pra vc que pretende trabalhar no mar, essas cenas são lamentáveis!!!

    Desculpe minha falta de educação, mas sabe o que sinto vontade de falar, ¨PQP¨, já esta na hora de sermos mais cuidadosos, com tudo…

    jacaré.

  32. [...] rola a Operação Fundo da Folia, promovida pela Skol. A marca, ligadona nas redes sociais, foi tocada pela ação da Global Garbage no começo do mês e promete limpar direitinho os restos que estão no fundo do mar no Farol da Barra, em Salvador. [...]

  33. Cybele disse:

    Parabéns pela iniciativa.
    Fiquei horrorizada com o que encontraram no fundo do mar. Numa era em que só se fala em ecologia e preservação da natureza, é muito triste ver uma situação destas.

  34. Tereza Kawall disse:

    Parabens pela iniciativa e pelas denuncias, esse é um problema global, sérissimo.
    Sugiro que façam contato com Gilberto Gil, que tem muito interesse nestes temas de água, ecologia e claro, na Bahia.
    Um abraço
    TK

  35. Estefane disse:

    Olá…

    Quero parabeniza-lo pela sua iniciativa em não esperar até que alguém da midia resolvesse fazer um documentario ou algo semelhante para uma providência ser tomada. A atitude que você tomou pode ter certeza que foi vista, lida e com certeza aplaudida por muitos que são contra a poluição.
    Sou estudante de Biologia e incondicional defenssora do meio ambiente, e atitudes como a sua tem que ser mostrada para que a população se de conta de que dá pra se divertir sem poluir.
    Parabéns e peço que não desista de fazer dessa sua experiência uma noticia nacionalmente conhecida, Os animais marinhos agradecem por não terem que morrer por causa da falta de respeito da população e eu assim como muitos que fazem sua parte agradece por você não ter fechado os olhos diante do que viu.

  36. licia disse:

    parabens pela sua corragem Deus continui a te abençoar pois vc merece de proteçao pois tem muita gente que nao gosta quando se faz o correto.parabens

  37. Ligia disse:

    Parabéns pela iniciativa desse trabalho. A Terra agradece! Por causa de pessoas como vocês, agente se fortalece e tem esperança. Valeu! Ligia

  38. Anônimo disse:

    [...] pictures and info about this action you can see here credits: [...]

  39. Acacio Lopes disse:

    Horrendo, e pior é saber que em maior ou menor grau isto está ocorrendo em cada farra de fim de semana em todo o Brasil.
    Estou divulgando em todas as redes sociais e academicas que tenho, ja está rodando este documentário sardonico sobre a capacidade que temos de planejar e se reorientar.
    Falta de aviso não é!!!!!!

  40. Lucas Keller disse:

    Excelente iniciativa.

    Se os veículos de comunicação procurados não deram a devida atenção ao caso, tenho certeza que a mídia espontânea cuidará disso.

  41. Felippi disse:

    Pior que isso ocorre no brasil inteiro. onde quer que c vá, existem montes de lixo jogados por todos os lados.

    onde será que vão parar todas as embalagens plásticas de ovos de páscoa?

  42. [...] pela ONG Global Garbage, a situação das praias que margeiam os circuitos do Carnaval de Salvador chegou a público e [...]

  43. Renato Vasconcellos disse:

    Parabéns pela matéria!

    Autonomia e Ação Direta na construção de um futuro melhor para a humanidade.

    É uma pena que atualmente seja vendida uma idéia de que já não temos mais perspectivas de mudança, gerando esse conformismo maldito, que impede que grande parte das pessoas tomem atitudes contra situações deste tipo.

    Mais uma vez percebemos o caráter exclusivamente sensacionalista e o rabo preso das emissoras de TV…

    Abraço!

  44. Richard Stuart disse:

    Do inferno, essa matéria… Sim. Já é uma matéria. Ninguém tira esse mérito de vocês. Parabéns pela atitute e por documentá-la tão bem com tão poucos recursos.
    Abraço.

  45. Com Essência disse:

    [...] com um misto de estarrecimento e orgulho, a matéria sobre a ação de surfistas depois do carnaval em Salvador. Que triste perceber que quando a folia [...]

  46. [...] em março apareceram fotos do que restou por debaixo das águas de Salvador. Imagens chocantes (tem mais no flickr deles), que causam aborrecimento mesmo olhando, de milhares [...]

  47. [...] de Salvador, as praias acabaram sofrendo bastante com a falta de consciência das pessoas. O blog Global Garbage e o álbum do Flickr, mostraram como ficou o fundo do mar da região da folia. Uma [...]

  48. Xandre Lima disse:

    Gostei muito da iniciativa. É uma vergonha o que essas pessoas fazem, transformando uma grande festa em um mar de lixo. Falta de consciência não só com a natureza, mas uma tremenda falta de respeito com todos que vivem em Salvador e com o povo brasileiro. Sou carioca, mas aposto que isso é trabalho de muitos cariocas fanfarrões, descerebrados… #VergonhaAlheia

Leave a Reply to JAQUES