Salvador se prepara para a chegada do verão

Na frente dos prédios coloniais dos séculos 16 e 17, o lixo se espalha nas calçadas. Mas a má educação de quem suja as ruas e a falta de investimentos não conseguem ofuscar a beleza de Salvador.

 

 

20/10/2010 - 22h03

Salvador se prepara para a chegada do verão

 

© Moacyr Lopes Junior/Folhapress

© Moacyr Lopes Junior/Folhapress

 

LUISA ALCANTARA E SILVA
ENVIADA ESPECIAL A SALVADOR

Na frente dos prédios coloniais dos séculos 16 e 17, o lixo se espalha nas calçadas. Mas a má educação de quem suja as ruas e a falta de investimentos não conseguem ofuscar a beleza de Salvador.

A capital da Bahia, com quase 3 milhões de habitantes, se espalha por 324,5 km², é dona de um litoral invejável e de inúmeros atrativos.

No Rio Vermelho, baianas como Cira e Tânia disputam o título de melhor acarajé. Na Barra fica a melhor praia para banho, que lota nos finais de semana. No outro extremo está a igreja de Nosso Senhor do Bonfim.

Ou seja, Salvador reúne qualidades para nenhuma outra grande cidade turística do mundo botar defeito: tem atrações culturais, religiosas, gastronômicas, naturais, e por aí vai…

Agora, a Bahiatursa, órgão oficial de turismo do Estado da Bahia, está investindo nas festas populares. “Nós queremos atrair mais turistas com os nossos eventos tradicionais, como a festa de Iemanjá”, diz Emília Salvador Silva, presidente da instituição.

TURISTAS AOS MILHÕES

De acordo com o órgão, a cidade receberá de 1,5 a 2 milhões de turistas só no verão. Desses, cerca de 300 mil chegarão nos navios, que já começaram a atracar no porto, próximo ao Mercado Modelo.

O elevador Lacerda é outro ponto turístico que fica perto de onde desembarcam os cruzeiristas. Ele leva à Cidade Alta, onde está o Pelourinho, com suas imperdíveis atrações soteropolitanas.

 

MAIS SOBRE SALVADOR

No centro histórico, Pelourinho une culturas
Acarajé é recheado à vontade do freguês
Confira vídeo da baía de Todos os Santos
Veja galeria de fotos da capital baiana

 

Folha.com



Leave a Reply