Surf, Saúde e Sustentabilidade

 

 

Surf, Saúde e Sustentabilidade

 

© Skol Surf http://www.skol.com.br/nasareias/surf.aspx

© Skol Surf http://www.skol.com.br/nasareias/surf.aspx

 

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

 

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

 

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

 

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

 

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

© Brasil Surf Pro - Circuito Brasileiro de Surfe

 

© Skol Surf http://www.skol.com.br/nasareias/surf.aspx

© Skol Surf http://www.skol.com.br/nasareias/surf.aspx

 

© Skol Surf http://www.skol.com.br/nasareias/surf.aspx

© Skol Surf http://www.skol.com.br/nasareias/surf.aspx

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Skol Surf http://twitter.com/skolsurf

© Skol Surf http://twitter.com/skolsurf

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

© Francisco Pedro/Global Garbage/O Fundo da Folia

 


  

 

saiba mais 

Brasil Surf Pro

O Fundo da Folia

Skol Surf 

 

PDF  O surfista como ator no processo de construção da Sustentabilidade: uma proposta participativa 

PDF  A Surfer’s Guide to Sustainability



6 Responses to “ Surf, Saúde e Sustentabilidade ”

  1. Francisco Pedro disse:

    Realmente … algo aí fora de sintonia! Droparam na onda errada e não perceberam que a prancha uma hora vai imbicar! (ou não!!! Nesse país onde tudo pode acontecer e as leis são apenas mera formalidade, quando se quer!). Uma simples e rápida busca na net sobre o assunto “bebidas alcoólicas X menores de idade X propaganda” nos revela milhares de links. São arcabouços legais de diversos estados brasileiros, estudos, resenhas etc. Será que o marketing esportivo não está atento a isso? A Lei nº 8.069, ou se preferirem, Estatuto da Criança e do Adolescente, diz claramente no Art. 79. que “as revistas e publicações destinadas ao público infanto-juvenil não poderão conter ilustrações, fotografias, legendas, crônicas ou anúncios de bebidas alcoólicas, tabaco, armas e munições, e deverão respeitar os valores éticos e sociais da pessoa e da família”. Será que o inverso então é permitido? Os anúncios de bebidas alcoólicas podem conter o público infanto-juvenil?. E os tais dos valores éticos e sociais? Logo o surf, que preza tanto por valores sócio-ambientais! Para complementar, ainda tem o Decreto nº 6.117, que aprova a Política Nacional sobre o Álcool, dispõe sobre as medidas para redução do uso indevido de álcool e sua associação com a violência e criminalidade. No Anexo II ele se refere à propaganda de bebidas alcoólicas e diz que deve-se incentivar a regulamentação, o monitoramento e a fiscalização da propaganda e publicidade de bebidas alcoólicas, de modo a “proteger segmentos populacionais vulneráveis à estimulação para o consumo de álcool”. O anexo ainda se refere à redução da demanda de álcool por populações vulneráveis e diz que deve-se intensificar a fiscalização quanto ao cumprimento do disposto nos arts. 79, 81, incisos II e III, e 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente. O que será que o Conselho de Autorregulamentação Publicitária – CONAR tem a dizer sobre isso? Confiram aí o que diz o Anexo “P” do Conar, sobre “vinhos e cervejas”: http://www.cerveceroslatinoamericanos.com/Codigos%20Autorregulacion/CodigoCONAR.pdf. “a. crianças e adolescentes não devem figurar, de qualquer forma, em anúncios; qualquer pessoa que neles apareça deverá ser e parecer maior de 25 (vinte e cinco) anos de idade”. É isso!! Lamentável que os profissionais do marketing esportivo não estejam atentos ao que estabelecem as leis e os códigos de éticas da sociedade.
    “Hollywood é o sucesso!!”

  2. Paulo Harkot disse:

    Impressionante, para dizer o mínimo.
    Não estará o anunciante, com este tipo de propaganda, estimulando e induzindo jovens, muitos deles em situação de risco, a consumirem precocemente bebidas alcoólicas?
    Afinal, desce “redondo”, abre a possibilidade de faturar um troco e, ainda, torna-se “sintonizado” com as tendencias divulgadas pelos sadios veiculos televisivos onipresentes no nosso Pais.
    O “fundo da folia” eh a continuaçao da caminhada e a antitese do que se esta a propalar…
    Parabens pelos bons serviços prestados ao divulgar tao gritantes contradicoes.

  3. Que contraste é esse? O que será que está acontecendo com as pessoas responsáveis pelo marketing esportivo e das próprias empresas? Tem algo que não está combinando por aí…

    • Gabriela disse:

      Pois é, Bernardo. O que está acontecendo? O que está acontecendo com os responsáveis pelo marketing, colocando a molecada menor de idade junto com propaganda de cerveja?
      Não tem nada combinando aí. Péssimo sair deixando tudo redondo.

    • Na verdade não aconteceu nada com os responsáveis pelo marketing esportivo. Nem com os donos das corporações, com os gestores públicos, com os promotores de eventos, com os proprietários da grande mídia… A real é que não aconteceu nada. Caso houvesse rolado alguma coisa, estas pessoas já teriam se tocado que este modelo de negócio já levou muitos e está levando todos nós pro fundo do poço. Outros já estariam com o coração doído de ver o surfe ser a sensação do fetichismo comercial… No mar, no ar, na terra. Estamos muito mal, compadre. Enquantos uns poucos pensam que estão muito bem.

  4. [...] This post was mentioned on Twitter by tiago zaniratti and Global Garbage, Paraiba. Paraiba said: Saude em primeiro lugar http://migre.me/1rG6K // RT @GlobalGarbageSurf, Saúde e Sustentabilidade http://bit.ly/9lmmiP http://bit.ly/9Exrew [...]

Leave a Reply to Bruno Pinheiro