Ipanema e Arpoador por Bruno Rezende

A beleza da paisagem consegue ofuscar os olhos de moradores e turistas que frequentam essas praias, não permitindo que reparem a degradação ambiental abaixo dos seus olhos. Quando conseguem parar de apreciar o visual e se deparam com as tampinhas de garrafa, escovas de dente e sacos plásticos espalhados pela areia percebem que “o mar não estava para peixe”, nem para qualquer outro animal marinho.



07 de junho de 2011

Ipanema e Arpoador por Bruno Rezende

© Bruno Rezende


© Bruno Rezende


© Bruno Rezende


© Bruno Rezende


© Bruno Rezende


© Bruno Rezende


Visite o blog de Bruno Rezende
@colunazero



Leave a Reply