Projeto Catamarã recolhe 240 toneladas de lixo do mar

Pelo menos 240 toneladas de resíduos sólidos deixaram de poluir o estuário e a Baía de Santos. O montante expressivo é resultado do projeto Catamarã, desenvolvido pela prefeitura, que completará cinco anos em dezembro. O serviço evita prejuízos ao meio ambiente marinho e ainda contribui para a balmebailidade das praias.



24/10/2012

Projeto Catamarã recolhe 240 toneladas de lixo do mar

O serviço evita prejuízos ao meio ambiente marinho e ainda contribui para a balmebailidade das praias

Foto: Francisco Arrais/Prefeitura de Santos


Pelo menos 240 toneladas de resíduos sólidos deixaram de poluir o estuário e a Baía de Santos. O montante expressivo é resultado do projeto Catamarã, desenvolvido pela prefeitura, que completará cinco anos em dezembro. O serviço evita prejuízos ao meio ambiente marinho e ainda contribui para a balmebailidade das praias.

De acordo com a Prodesan, responsável pela operação, são retiradas mensalmente do mar, em média, 4 toneladas de lixo no trecho entre o Ferry-boat e o canal 6, na Ponta da Praia. Em setembro, foram recolhidas 3,2 toneladas de material por duas embarcações do tipo catamarã, daí o nome do projeto. A coleta é feita sempre de terça-feira a domingo.

Segundo a Seserp (Secretaria de Serviços Públicos), que gerencia o serviço, a maior parte do material descartado no mar (garrafas pet, sacos plásticos, latas etc) chega à praia vindo dos mangues.

Como funciona
O catamarã possui uma grelha metálica que recolhe os detritos e, automaticamente, por meio de sistema basculante, os acondiciona em sacos plásticos. O barco tem capacidade para transportar até 1.200 quilos de resíduos, que depois são depositados em caçambas e recolhidos pela Terracom. Em seguida, o material é descarregado e transportado para a estação de transbordo, localizada na Alemoa.

As embarcações medem 6,7 m de comprimento, com 3,3 m de boca, e podem percorrer locais de pouca profundidade, facilitando a atuação dos monitores ambientais.

Prefeitura de Santos



Leave a Reply